Busca


imprimir pdf

O DynDns


Definições


  • Endereço IP

Na Internet, os computadores comunicam entre eles graças ao protocolo TCP/IP que identifica cada máquina, cada computador sob a forma de um endereço: xxx.xxx.xxx.xxx

  • DNS

Os utilizadores comunicam com endereços IP mas, para mais facilidade, estes endereços IP são definidos em nomes de estação ou endereços mais fáceis a reter: são os nomes de domínio.

Para que serve um DynHOST?


Se utiliza um fornecedor de acesso com uma ligação ADSL ou IPV, o seu IP de ligação é alterado cada vez que se volta a ligar (a não ser que tenha um pacote com IP fixo).
DynHOST permite-lhe fazer apontar o seu domínio ou um subdomínio para um IP de ligação e, se este for alterado, actualizá-lo em tempo real. Assim, pode fazer do alojamento no seu computador ligado a umalinha ADSL. Se joga online pode comunicar directamente com o seu nome de domínio ao lugar de um IP díficil de reter.

Criação de um DynHOST


Basta-lhe fazer um pedido de DynHOST através do Manager v3.
Rubrica 'Acesso às secções', ícone 'Dominios&DNS' , depois 'Zona DNS' , 'Tipo DynHOST'
Uma vez nesta página, adicionar um DynHOST na zona DNS :

Indique um subdomínio e um 'DynHOST' (endereço IP).
A criação deste campo demora 24 horas.

Atenção: o seu domínio deve ter os seguintes DNS (ou hosts que utilizam a IP dos DNS seguintes):

  • DNS primário: dnsX.ovh.net,

  • DNS secundário: nsX.ovh.net.

'dnsX' e 'nsX' devem ser substituídos pela correta identificação dos servidores de nomes OVH associados ao seu nome de domínio.

Se quer alojar páginas na sua máquina, deve obviamente ter Apache na sua máquina.

Os Identificadores DynHOST


Estes identificadores permitem-lhe actualizar a IP do DynHOST com a ajuda de um "software" externo à OVH (ver abaixo).

Um identificador permite gerir um ou todos os subdomínios DynHOST que criou. É composto do domínio, seguido do nome que quer, exemplo: nomededomínio.com - ident.

Ao adicionar um novo DynHOST, uma opção a marcar permite-lhe criar directamente um identificador após validação da criação.

A sua gestão faz-se através do Manager.
Rubrica 'Acesso às secções', ícone 'Domínios&DNS' , depois 'Zona DNS' , 'Identificadores DynHOST'
Uma vez nesta página, poderá gerir os seus identificadores (criação, modificação, password e eliminação)

As Ferramentas a utilizar


Depois, basta-lhe fazer o download de um software de gestão de IP :
Software Microsoft/Windows



Software GNU/Linux



Para este último script, modifique a variável my $server_name = "members.dyndns.org"; marcando "www.ovh.com"
(não tenha em conta um eventual retorno de erro),


Para este script, procure a seguinte secção:
#

1. global constants

2.

Updatehost = "members.dyndns.org"
Updatepage = "/nic/update"
Useragent = "ipcheck/" + Version


Altere a linha Updatehost = " members.dyndns.org" pondo então " www.ovh.com " Ser-lhe-á suficiente para parametrizar estes "software" com o seu identificador DynHOST e a sua password.

Exemplos de utilização


  • Bali 'DynDns' (Windows).

Parametrize ste pequeno "software" com o seu identificador DynHOST e a sua password
Separador Main
serviço : ovh.com
user/pass : Identificador DynHOST & password
update your IP for these hosts :
dns.nomedominio.com (o campo DynHOST que criou desde o seu manager)


Para mais informações :
Consulte o separador faq do software : FAQ

  • 'Direct Update' (Windows).

Desmarque "Desactivar/ignorar esta conta"
Serviço DNS : seleccione OVH.com
Detecção d'IP : seleccione "Detecção de IP por defeito"
Nome de utilizador : o seu Identificador DynHOST
Password : a password associada ao seu Identificador
Domínio / hóspede : o subdomínio para os quais definiu o campo de tipo "DynHOST" no MANAGER v3

  • Ipcheck.py (Linux)

Pré-requisitos :

- o seguinte arquivo: DynHost.tgz,

- um intérprete Python,

- uma ligação Internet que funciona sob Linux ;).

Instalação dos scripts:

O arquivo contém os seguintes ficheiros:

- ipcheck.py : o script em python que faz a actualização do seu campo DynHOST na OVH,

- dynhost : um script bash que verifica que o seu endereço público foi alterado correctamente e chama o script acima, com os parâmetros correctos,

- old.ip : um ficheiro texto que contém o seu antigo endereço IP público.

Descomprima o arquivo no directório à sua escolha e edite o ficheiro dynhost para pôr os seus parâmetros :
IFACE=ppp0
HOST=sub.domínio.com
LOGIN=test-ovh
PASSWORD=test
OPCOES=""


- IFACE : o dispositivo de rede sobre a qual é activada a sua ligação Internet,
- HOST : o campo DynHOST que criou desde o seu manager para o seu nome de domínio,
- LOGIN : O seu identificador DynHOST,
- PASSWORD : a password associada ao Identificador,
- OPCOES : as diferentes opções que podemos passar ao script ipcheck.py (por defeito vazio, ver mais abaixo).

Verifique igualmente que o script dynhost possui as autorizações de execução para o seu utilizador.
Todas as operações efectuadas pelo script são inscritas no ficheiro dynhost.log.

Utilização


- Actualizar o campo DynHOST do seu computador.

Trata-se neste caso da utilização clássica. O seu computador utiliza Linux, gere a ligação e faz "correr" um servidor Apache. Basta-lhe executar o script dynhost. Este recupera o endereço IP da conversão rede utilizada pela ligação Internet (ppp0 por defeito) seguidamente compara-o com o endereço previamente posto em dia (armazenado no ficheiro old.ip). Se o endereço foi alterado correctamente, ele dirige-se ao script ipcheck.py para actualizar o seu campo DynHOST com este endereço,

- Pôr em dia o campo DynHOST para outro computador.

A utilização é a mesma que acima. O script dynhost não recupera o contudo do endereço IP mas utiliza a que ele especifica. Para isso, basta-lhe especificar a opção " - a 10.0.0.10 " na secção OPÇÕES onde 10.0.0.10 representa o endereço IP com o qual o seu campo DynHOST deve ser posto em dia. Ele trata IP estáticos, este método não convêm se o seu fornecedor de acesso lhe fornece um IP dinâmico,

- Actualizar o campo DynHOST para um router (testado com Linksys WRT54G).

Trata-se do caso em que utiliza o router pessoal no qual possui um servidor WEB. O script ipcheck.py permite actualizar o campo DynHOST com o endereço IP público do router. Isto é possível se o seu router fornecer uma conversão WEB de administração. Para isso, deve especificar a opção " - r http:/192.168.0.1/Status.php" na secção OPÇÕES. 192.168.0.1 é o endereço utilizado para obter a conversão WEB e Status.php e a página sobre a qual encontra-se o endereço IP público do router.

Atenção: isto não resolve a configuração do Port Fowarding próprio a cada router! Com esta opção, o script pedir-lhe-à para introduzir a password necessária para aceder à página WEB de configuração do router.

Instalação em crontab para execução periódica


Esta manipulação permite-lhe indicar ao seu sistema que deve relançar periodicamente o script dynhost. Desta maneira,
os seu DynHOST tem mais probabilidade de estar em dia se o seu fornecedor de acesso o obriga a regularmente alterar o endereço IP.
A frequência com a qual o script é executado depende da sua utilização, podendo parametrizá-lo para ser executada uma vez por dia, todas as horas…

O conteúdo do crontab altera-se executando o comando seguinte:

bash-2.05b$ crontab -e


Este ficheiro edita-se usando o editor VI (tecla I para inserir, - ESC depois: wq para salvar e deixar) ou outro da sua preferência.

Acrescentem l' uma das linhas seguintes neste ficheiro, em função da sua necessidade:

- 1 0 1 * * /home/user/dynHost/dynhost (todos os 1° do mês a 00:01)
- 1 0 * * 0 /home/user/dynHost/dynhost (todos os domingos a 00:01)
- 1 0 * * * /home/user/dynHost/dynhost (todos os dias à 00:01)
- 1 * * * * /home/user/dynHost/dynhost (todas as horas)

(ou seja, comentem o que não interessa)

/home/user/dynHost/dynhost representa naturalmente o caminho completo até o script dynhost.

Pode verificar o conteúdo o seu crontab executando este comando :

bash-2.05b$ crontab -l


Mais informações sobre crontab Aqui

Conselhos se tem vários DynHOST

T
Se tem vários campos DynHOST em domínios diferentes, a atualização de todos os campos pode rapidamente ficar vinculativa, se a maior parte dos campos que tem apontam para o mesmo IP, pode simplificar-se a tarefa utilizando o CNAME em vez do DynHOST.
Um CNAME permite-lhe reencaminhar um campo para outro endereço.

Por exemplo, possui 3 domínios: domínioA.com, domínioB.com e domínioC.com

Estes 3 domínios têm um dynHOST que se chamada fórum:

forum.domínioA.com
forum.domínioB.com
megaforum.domínioC.com

Apontam todos os 3 para o mesmo IP.

A cada mudança desta IP, deve efectuar uma actualização para estes 3 campos.

Utilizando um CNAME terá apenas que actualizar 1 único campo (o da sua escolha).

Deve guardar 1 campo DynHOST, aqui escolhemos guardar forum.domínioA.com, os outros podem ser migrados para CNAME.

O que quer dizer que
forum.domínioB.com torna-se um CNAME de forum.domínioA.com megaforum.domínioC.com torna-se um CNAME de forum.domínioA.com

Quando actualiza o forum.domínioA.com, o forum.domínioB.com e
o megaforum.domínioC.com serão automaticamente à dia.

Ao final terá:
forum.domínioA.com que é um DynHOST para a sua IP
forum.domínioB.com que é um CNAME para o forum.domínioA.com
megaforum.domínioC.com que é um CNAME para o forum.domínioA.com